Mitos e verdades sobre Unhas

Oi meninas, tudo bem? O assunto de hoje são as nossas unhas que quando bem cuidadas nos deixam ainda mais poderosas. Então vamos lá, listei alguns dos mitos e dúvidas mais frequentes sobre as unhas.

Pintar as unhas com esmalte escuro fortalece?
Mito. Quando soube que isso era mito, confesso que me frustrei, na verdade sempre ouvi falar que pintar as unhas com esmaltes escuro as fortaleciam, segundo os dermatologistas existem alguns esmaltes que contêm substâncias nutritivas, porém, elas não alcançam a matriz de crescimento das unhas e têm ação limitada à hidratação superficial, ou seja, em nada influenciam no crescimento. No entanto, vale ressaltar que esmaltes, independente da cor, têm ação negativa sobre as unhas, pois contêm substâncias como formaldeído, tolueno e benzeno, que as enfraquecem.
Usar unha postiça enfraquece as unhas?
Mito. Pelo contrário auxiliam na sua fortificação. No entanto, o perigo vem para aquelas que utilizam sempre esse artifício. Ao manter algo por cima das unhas, você cria um espaço entre esse objeto e elas. Esse espaço permite a entrada de umidade, proporcionando um ambiente perfeito para a proliferação de fungos. Além disso, unhas postiças são pesadas e as suas unhas naturais podem não aguentar isso, ficando mais fracas.
O formato das unhas faz com que elas lasquem ou encravem com mais facilidade?
Sim meninas, esse bendito formato redondo contribui sim para o encravamento e as lascas indesejáveis. Isso sempre acontece comigo, o formato das unhas dos meus pés (principalmente os dedões) são arredondadas, quando as deixo em formato quadrado, elas simplesmente ficam gigantes, horrorosas, já que o formato quadrado das unhas dos pés evita que elas encravem. Nos pés, não faça aquele cantinho arredondado. Quando ele cresce, a unha vai entrando na pele e a unha pode encravar. O formato ovalado é ideal para unhas das mãos que são habitualmente fracas e quebradiças. Unhas nesse formato 'quebram' com menos facilidade.

Tirar ou não tirar as cutículas?
O correto é mantê-las. São raras as vezes que as tiro, justamente por causa dessa raridade é que elas são muito finas e quando as tiro sempre me machuco. Sua retirada constante provocar o seu espessamento, gerando um desnível entre cutícula e unha, pode-se levar a um processo inflamatório local. A retirada das cutículas deixa unhas e dedos vulneráveis a vírus e a proliferação de bactérias e fungos. O correto seria apenas empurrá-las e usar hidratantes com emolientes, como ureia.
É preciso deixar a unha sem esmalte por um tempo?
Aquela história de que elas precisam respirar é realmente verdade, como dito anteriormente o esmalte contém algumas substâncias que as enfraquecem. Se as unhas ficassem uma semana por mês longe dos esmaltes, isso auxiliaria na sua recuperação. Caso você não consiga passar esse tempo todo sem esmalte, tire o esmalte um dia antes da nova pintura e aplique azeite nas unhas, este ajuda hidratá-las.
Espero ter esclarecido essas dúvidas. Logo tem novos posts falando sobre nossas unhas. :)

Postado por:

4 comentários:

  1. Fiquei tão triste com os que não são mitos rs jurava que eram,mas adorei o post,agora já sei mais coisas pra começar minha nova rotina de cuidado com as unhas,beijos.

    Cake Interruptted

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tati! Eu tbm fiquei assim quando vi pela primeira vez o que era mito e verdade! kk
      Que bom que gostou, beijão!

      Excluir
  2. E eu aqui jurando que minha unha ia ficar super fraca se eu usasse postiça kkkkkkkk
    Como faz pra seguir seu blog? Já rodei não achei =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk, eu tambem pensando assim, mas se for pela lógica, da atender que a unha fica fraca mesmo, já que a unha postiça usa cola, etc..
      Ai fico muito feliz viu Gabi! Que vc volte mais vezes aqui! <3
      Voce pode seguir o blog por aqui ó -> https://plus.google.com/110013551500185845980?prsrc=5

      Beijos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
© CUSTOMIZANDO A BELEZA - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: BEATRIZ VILELA.
Tecnologia do Blogger.